Covid-19: São Paulo vacina pessoas de 21 a 24 anos na próxima semana


A partir da próxima semana, pessoas entre 21 e 24 anos começam a ser vacinadas contra a covid-19 na cidade de São Paulo. A vacinação será entre terça-feira (10) e sábado (14).

Segundo o calendário divulgado pela prefeitura paulistana, na segunda-feira (9) vai ser realizada uma repescagem e vacinação dos grupos já elegíveis. Mas entre terça-feira (10) e quarta-feira (11), a vacinação avança pela faixa etária, com a imunização de pessoas de 24 anos.

Já na quinta-feira (12) será a vez do grupo de 23 anos. Na sexta-feira (13) serão vacinados quem tem 22 anos e, no sábado (14), as pessoas de 21 anos.

A prefeitura alerta que todas as vacinas que estão sendo aplicadas  foram aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS), por isso, não há necessidade de escolha de imunizante.

Até este momento, 87,5% da população acima de 18 anos de São Paulo já foram imunizados com a primeira dose de vacina contra a covid-19 e 34,8% deles já completaram o esquema vacinal.

Busca ativa

Hoje (7), todas as 468 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e 82 Assistências Médicas Ambulatoriais AMAs/UBSs Integradas, além do megaposto da Galeria Prestes Maia, na capital paulista, estão abertos para a realização de busca ativa para a segunda dose da vacina contra a covid-19 das pessoas que ainda não completaram o ciclo vacinal.

Segundo a prefeitura, 199.157 pessoas ainda não tomaram a segunda dose de vacina. Uma pessoa só estará protegida contra a doença se tiver tomado as duas doses dos imunizantes Pfizer/BioNTech, AstraZeneca/Oxford/Fiocruz ou CoronaVac/Butantan/Sinovac ou a dose única do imunizante da Janssen.

A prefeitura informou que vai tentar fazer uma busca ativa por todas essas pessoas que ainda não completaram o esquema vacinal. O objetivo é que os profissionais de saúde entrem em contato por telefone, ou de forma presencial, com essas pessoas para orientá-las sobre a importância de se completar o esquema vacinal e verificar os motivos pelos quais isso ainda não foi feito.

Documentos necessários e pré-cadastro

Para tomar a vacina contra a covid-19, o cidadão precisa apresentar um comprovante de residência na capital, juntamente com os documentos pessoais, preferencialmente Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS).

O comprovante de endereço no município de São Paulo pode ser apresentado de forma física ou digital. Se não houver no próprio nome do munícipe, serão aceitos comprovantes em nome do cônjuge, companheiro, pais e filhos, desde que apresentado também um documento que comprove o parentesco ou estado civil, como Registro Geral (RG), certidão de nascimento, certidão de casamento ou escritura de união estável.

A prefeitura orienta também para que seja feito um pré-cadastro no site Vacina Já (www.vacinaja.sp.gov.br), que agiliza o tempo de atendimento nos postos de vacinação.

O calendário atualizado de vacinação e a lista completa de postos abertos na capital podem ser encontradas na página Vacina Sampa.



EBC

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram