Assoeva tenta última cartada e Blumenau pode encaminhar vaga


O ginásio do Parque do Chimarrão, em Venâncio Aires (RS), recebe neste domingo (8) um confronto direto por vaga nas oitavas de final da Liga Nacional de Futsal (LNF). A Assoeva-RS, dona da casa, mede forças com o Blumenau-SC, em jogo pela 10ª rodada da competição, a partir das 11h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo da TV Brasil.

Os cinco melhores times de cada chave avançam às oitavas de final, além do melhor sexto colocado entre os três grupos da primeira fase. O Blumenau ocupa exatamente o quinto lugar do Grupo B, com 13 pontos, três a mais que a Assoeva, que aparece em sétimo. Ambos têm somente mais duas partidas pela frente.

Um triunfo deixa os catarinenses a um empate da classificação. Os gaúchos têm de ganhar para levar à última rodada a decisão da última vaga do grupo (Cascavel-PR, Carlos Barbosa-RS, Joinville-SC e Atlântico-RS já estão garantidos nas oitavas). O Juventude-MS, que está em sexto, com 13 pontos e um jogo a fazer, também está de olho nos desdobramentos do confronto no Parque do Chimarrão.

No último domingo (1) a Assoeva foi derrotada por 3 a 2 pelo Carlos Barbosa, de virada, em casa. O duelo foi transmitido pela TV Brasil. Foi a quinta derrota dos gaúchos nas últimas seis rodadas. No mesmo dia, o Blumenau empatou por 3 a 3 com o eliminado Marreco-PR, no Arrudão, em Francisco Beltrão (PR). Foi o segundo jogo sem vitória dos catarinenses, que, antes, vinham de três jogos de invencibilidade, incluindo dois triunfos sobre o Juventude, fundamentais na briga pela classificação.

No duelo anterior entre os times, em maio, o Blumenau levou a melhor e venceu por 3 a 2 no ginásio do Sesi, em Blumenau (SC). O pivô Lucas Miguel e os alas Rudi e Éder marcaram para os catarinenses, enquanto o pivô Igor Balduino e o ala Pedrinho balançaram as redes a favor do time gaúcho.

Manifesto

Segundo a LNF, as equipes entrarão em quadra com uma faixa da campanha #FutsalnasOlimpíadas, que visa convencer o Comitê Olímpico Internacional (COI) a incluir a modalidade no evento. O esporte esteve nos Jogos Pan-Americanos de 2007, disputados no Rio de Janeiro, e na Olimpíada da Juventude de 2018, realizada em Buenos Aires (Argentina), mas nunca integrou o programa dos Jogos Olímpicos.

“O futsal cumpre todos os requisitos necessários para figurar entre os esportes olímpicos, não está por questões políticas. Precisamos mobilizar os amantes da modalidade para mostrar a nossa força e buscar o nosso espaço. Sabemos que o programa olímpico de Paris [França] 2024 já está fechado, mas podemos sonhar com o próximo”, comentou Francis Berté, vice-presidente de comunicação e marketing da LNF, ao site da Liga.



EBC

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram