Rio já vacinou 2 milhões com as duas doses contra covid-19


O município do Rio de Janeiro atingiu nesse sábado (14) a marca de 2 milhões de pessoas com duas doses das vacinas CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer contra a covid-19. Somado às 137,8 mil pessoas que receberam a dose única da Janssen, o número de pessoas com esquema vacinal completo corresponde a 40,6% da população-alvo.

A marca foi alcançada no sábado em que a cidade bateu o recorde de doses aplicadas, com 98 mil em um único dia. O calendário da capital fluminense previa para ontem a vacinação de pessoas de 23 anos e administrou 68.607 primeiras doses e 29.203 segundas doses. 

A população da cidade que está vacinada apenas com a primeira dose até o momento chega a 4,448 milhões de pessoas, o que representa 86,9% dos moradores do Rio elegíveis para se vacinar.

A Secretaria Municipal de Saúde planeja concluir o calendário de primeira dose para a população adulta nesta semana, com a vacinação das pessoas de 22 a 18 anos, escalonadas em uma idade por dia, de segunda a sexta. 

O município ressalta que a manutenção do calendário de vacinação previsto está condicionada ao envio das remessas de vacinas programadas pelo Ministério da Saúde. Na última semana, a aplicação da primeira dose chegou a ser interrompida por falta de vacinas.

A cidade também manterá, ao longo desta semana, a vacinação de primeira dose em pessoas com 30 anos ou mais que não compareceram nas datas previstas no calendário, além de pessoas com deficiência, gestantes, puérperas e lactantes com 18 anos ou mais, preferencialmente à tarde.

Apesar dos percentuais alcançados, mais de 150 mil pessoas com 30 a 39 anos ainda não tomaram a primeira dose da vacina. Esse número faz com que a faixa etária seja a única das que já foram contemplados pelo calendário com menos de 90% da população com ao menos uma dose. 





EBC

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram