Família de vítima da queda da Ciclovia Tim Maia receberá indenização


A 18ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro determinou o pagamento de uma indenização de R$ 1,32 milhão a parentes do engenheiro Eduardo Marinho de Albuquerque, que morreu no desabamento de um trecho da Ciclovia Tim Maia, no Rio. O incidente aconteceu em abril de 2016.

De acordo com a decisão da Justiça, o consórcio que construiu a ciclovia será o responsável pelo pagamento da indenização, que será dividida entre a companheira e o filho da vítima (R$ 330 mil), os pais do engenheiro (R$ 165 mil cada um) e os três irmãos (R$ 110 mil cada um).

O consórcio terá ainda que pagar pensão alimentícia para a companheira de Eduardo, até ela atingir 76 anos de idade e ao filho, até ele completar 25 anos. O valor será fixado com base nos rendimentos da vítima.



EBC

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram