Em casa, Campinense-PB decide com Atlético-CE vaga na final da Série D


Este sábado (30) será decisivo para Campinense e Atlético-CE que lutam para assegurar presença na final da Série D do Campeonato Brasileiro. Os dois times já garantiram o acesso acesso à Série C do ano que vem e o grande objetivo agora é a busca do título. Como o primeiro duelo da semifinal terminou empatado em 1 a 1, a classificação hoje depende apenas de uma vitória simples de qualquer uma das equipes. Se houver novo empate, a classificação será definida nos pênaltis. O confronto no Estádio Amigão, em Campina Grande (PB), terá início às 16h (horário de Brasília) e será transmitido ao vivo na TV Brasil. Quem vencer decidirá o título da Série D com o vencedor de ABC-RN e Aparecidense-GO, que se enfrentam amanhã (31), também às 16h. 

O Campinense tem um bom histórico jogando em casa: seis vitórias três empates e apenas uma derrota. Para o jogo deste sábado, Ranielle Ribeiro, técnico da Raposa, terá de volta à equipe os atacantes Fábio Lima e  Marcus Nunes, que não entraram em campo em Horizonte (CE), no primeiro duelo da semi, por questões médicas. Desfalque mesmo será o  volante Rafinha, capitão do Campinense, que se recupera de uma grave lesão no joelho.  

Trunfo mesmo da Raposa nesta tarde será a presença da torcida local. O clube recebeu autorização da diretoria do Atlético-CE para povoar as arquibancadas. Foram colocados à venda seis mil ingressos, o equivalente a 30% da capacidade do Amigão. O primeiro embate da semi, em Horizonte (CE), não contou com público, também por decisão atleticana. 

Mas jogar diante da torcida adversária, na visão do técnico Raimundo Wágner, que comanda a Águia de Precabura, pode até servir de estímulo para o time visitante. 

“Ir para a final é importante para as duas equipes.  Vamos trabalhar essa parte:  é muito bom jogar com torcedor, você aparece mais, você fica mais atento a todo o jogo, à concentração do jogo. É um diferencial sim a favor do Campinense, não tenho dúvida disso, mas a gente tem que focar no jogo, saber que tem condições de vencer o adversário, por mais difícil que seja. A gente sabe da nossa capacidade. A gente provou que chegou aqui não foi à toa”, disse Wágner.

O Atlético-CE, que eliminou a Ferroviária-SP nos pênaltis nas quartas de final, terá um desfalque importante no duelo de hoje: o volante Daniel, que cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo. A boa notícia é que Wágner poderá contar com o lateral-esquerdo Nailton, que não atuou em Horizonte (CE).  





EBC

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram